Luanda - A tolerância consiste na relativização do absoluto. Uma campanha eleitoral tem de ser a expressão acabada da tolerância, da urbanidade e do saber estar em política.

Fonte: Club-k.net

Estou a acompanhar com a devida atenção estes primeiros dias da campanha para a eleição do futuro presidente da UNITA. É legítimo e políticamente correcto todos os candidatos identificarem-se com o Projecto dos Conjurados do 13 de Março, Muangai, que é o programa máximo da UNITA para realizar Angola. Contudo, mais do que a interpretação pragmática dos seus 5 pilares estruturantes, Maungai é um estado de espírito, é uma escola e uma cultura que dá corpo a um projecto de sociedade. É o projecto da UNITA que já se tornou património de uma parte significativa dos angolanos que procuram solução aos seus problemas sociais, económicos e não só. Não se pode assumir que haja na UNITA um grupo que seja mais Muangai do que outros. O que como eleitores queremos saber dos candidatos, são as soluções ou opções estratégicas que propõem para que a nossa UNITA cresça e seja robusta de forma a merecer a confiança da maioria dos angolanos como alternativa real ao poder instituído desde 1975. Quem será o mensageiro? (Política de quadros) Que mensagem vamos transmitir aos mais diversos extratos da sociedade? (marketing).


Como solucionar a problemática da dependência quase exclusiva do partido ao OGE? Vamos capitalizar no aprimorar de um aparelho politico-partidário ou na política do "one man's show"?


Acho por isso perfeitamente irrelevantes todos os outros argumentos que estão sendo aduzidos e que não respondam às preocupações concretas dos militantes, amigos e simpatizantes da UNITA. Ser originário de uma determinada região de Angola, ter nascido mais escuro ou mais fulo, alto ou baixo, cristão ou animista, mais jovem ou mais velho, pesa muito pouco na balança dos critérios determinantes para as escolhas que os delegados ao XIII Congresso farão. Queremos debate de ideias fortes com capacidade de transformar e não intriga barata.


Continuo a pensar que a seguir ao dia 15 de Novembro será dia 16 e assim sucessivamente...

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: