Caras Irmãs, caros Irmãos,
Militantes do nosso grande e valoroso Partido;


Desde que entrei na UNITA, em Dezembro de 1984, tenho procurado demonstrar, com o meu trabalho, com o meu empenho, com a minha dedicação à causa da UNITA e dos Angolanos, mas sobretudo com a Honestidade e Humildade que trago do berço, aprendidas com o meu Pai, que dou tudo o que tenho de força anímica, moral, física e de inteligência, para servir a Causa em que acredito.


Em todos os postos onde servi, tive uma conduta irrepreensível e nunca fui pessoa de me contentar com o que faço, pois sei que posso sempre fazer mais e melhor. Foi assim no trabalho que desenvolvi, em tempo de guerra, nas Operações e nos Serviços de Inteligência Militar, com os Generais Peregrino Wambu, Zacarias Mumdombe e outros. Foi assim na grande marcha pelo interior do país, aquando da abertura da Frente Centro-Sul com o General Kamalata Numa. Foi assim na potenciação e elevação da nossa VORGAN (Voz da Resistência do Galo Negro), que foi indubitavelmente um grande e decisivo instrumento de luta pela dignificação dos menos equipados. Foi e tem sido assim na Assembleia Nacional, na dinamização do Grupo Parlamentar durante os anos em que estive à frente desse importante órgão executivo do Partido, e hoje na defesa dos interesses do Partido, de Angola e dos Angolanos. Foi e tem sido assim no trabalho que tenho desenvolvido nas diferentes províncias do País, no contacto com os militantes, em particular, e com as populações angolanas, em geral.


Foi assim na dinamização do Governo-Sombra da UNITA que, apesar de todas as dificuldades de ordem material, foi o mais acutilante de todos os Governos-Sombra que a UNITA tem ensaiado na fase do pós-guerra. Foi assim na visão, no empenho e na ambição que emprestei enquanto Coordenador da Comissão que elaborou o Programa de Governo que a UNITA apresentou aos angolanos, em 2017, e que chamámos de GIP – Governo Inclusivo e Participativo – que tem as principais linhas de força de um verdadeiro Governo tendente a resolver os problemas dos Angolanos, não tendo sido em vão que o MPLA e o seu Presidente nos imitaram, adoptando, eles também, a designação “Governo Inclusivo e Participativo”.


Foi e tem sido assim nas múltiplas intervenções que tenho feito a nível internacional, em Washington, Paris, Bruxelas, Lisboa, Berlim, Praia, Maputo, Cape Town, Kinshasa, Lusaka, Harare, Gaborone, Libreville, entre outras capitais, falando da UNITA e da sua visão relativamente aos problemas de Angola; mostrando, sempre, que o nosso Partido é, hoje tal como ontem, a única alternativa viável para a realização de Angola e dos Angolanos. Foi e tem sido assim no esgrimir de argumentos em defesa das mais variadas teses, em diferentes palcos desta nossa Angola, mostrando e demonstrando que é com a UNITA e apenas com ela que poderemos transformar os sonhos de milhões de angolanos excluídos e desfavorecidos, em realidade, para que “a Terra volte a Sorrir”...


Para atingir os nossos objectivos, precisamos de ter ambições. Por isso é que a minha Candidatura está apostada em “Transformar as Ambições em Acções para que as Aspirações dos mais Desfavorecidos encontrem Soluções”.


Os Militantes do nosso grande e valoroso Partido sabem que podem contar comigo para conduzir a nossa UNITA aos patamares de excelência e impulsionar a nossa máquina partidária para a tomada e exercício do Poder. Viemos de longe mas a meta já é ali. Bem perto. Por isso, coloco-me humildemente à disposição do nosso Partido, do país inteiro, para que, todos juntos, com espírito de equipa, com o lema “um por todos, todos por um”, a vitória não nos escape.


Os Militantes da nossa grande UNITA sabem que nunca coloquei, não coloco nem colocarei nunca ambições pessoas acima dos interesses da Organização, pois sei que quando isso ocorre, as organizações falham.


O Dr. Jonas Savimbi, nosso Presidente Fundador deu-nos o instrumento de Luta. O Dr. Isaías Samakuva agarrou no Partido num momento difícil e crucial e fez da nossa UNITA esta grande máquina que hoje herdamos, um verdadeiro garante de um futuro promissor para Angola e para os Angolanos. Assim, do Passado (Dr. Savimbi) e do Presente (Dr. Samakuva), estou aqui para receber o Testemunho para o Futuro. Esse Futuro chama-se Raúl DANDA. E para a concretização dessa Trilogia, aguardo apenas pelo

TEU VOTO!
Viva Angola!
Viva a UNITA!
Viva o Espírito de MUANGAI!
Avante a nossa Revolução – Agora!

 

Luanda, 25 de Outubro de 2019.
O hoje Candidato, amanhã Presidente,


Raúl M. Danda



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: