Lisboa -  Gonçalves Inhanjica, repórter presidencial junto da TPA,  mostra se disponível para assumir uma  posição digna no futuro conselho de administração da Televisão Pública de Angola que será presidido pela consultora, Tchizé  dos Santos.


Fonte: Club-k.net

Corrente interna favorável a promoção do repórter presidencial


A disponibilidade que se faz saber é sentida nas seguintes observações a  citar:

- Mostra-se disponível aos pedidos que lhe são feitos por Sérgio Neto, membro do conselho de gestão e próximo a Tchizé dos Santos (Amigos de terna idade). A poucos dias,  Sérgio Neto solicitou os  bons ofícios de Gonçalves Inhanjica para este usar a sua influencia para obtenção de um visto  de viagem urgente de  para uma irmã que seria  evacuada para  África do sul. O Repórter Presidencial predispôs se em usar os seus canais  com sucesso.


- Passou a exercer um poder paralelo na televisão ao qual deixa impressão de estar a efectuar sob alçada do  Porta Voz da presidência,  Aldemiro Vaz da Conceição ao qual chega a citar o nome do mesmo quando há resistência na recepção dos seus pedidos.  Em reunião  recente recusou a marca de viaturas destinas para  um grupo de jornalistas dependentes a si e que ingressaram a poucos meses na TPA. Solicitou uma marca de viatura  mais condigna.


- Tornou se chegado aos assessores portugueses que estão a trabalhar no trabalho de reforma da televisão.


Diante do enumerado a cima, os seus “opositores” internos interpretam que este  esteja a emitir indicadores da sua disponibilidade para fazer parte do conselho de administração em vias de ser nomeado pelo Ministro, Manuel Rabelais.


É identificada uma corrente que aprova a sua eventual  promoção dada a sua virtude  em se preocupar ou ajudar os colegas mais necessitados. Segundo dados de insistente ventilação,  poderá  igualmente fazer  parte do conselho, o Jornalista Ernesto Bartolomeu e o engenheiro informático, Sérgio Neto.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: