Lisboa – O Ministro da Comunicação social, Manuel Rabelais prevê reunir, nesta Segunda Feira (9 Nov),  com os directores dos órgãos de comunicação social e altos funcionários do Ministério ao qual será posta, em analise, o incidente que levou o jornalista Vaz Kinguri, muito próximo ao ministro,  a passar em directo na Radio 5,  uma entrevista feita a um elemento que se fez passar pelo Presidente brasileiro, Lula da Silva. A reunião deve ter lugar  no próprio  Ministério ou no centro Cefojor.


Fonte: Club-k.net


Ate as 15 horas de sábado, altos funcionários da RNA, com realce ao  director de informação, Eduardo Magalhães (que veio a saber por email e telefonemas) não tinham   conhecimento de que a  entrevista  posta ao ar com o suposto Presidente brasileiro  era uma brincadeira de mau gosto.


No parecer de quadros da Radio Nacional era sugerivel  que antes do assunto ser discutido ao mais alto nivel, a direcção da Radio 5 deveria se retratar  a fim de estar habilitada a apresentar eventuais medidas de prevenção a acidentes desta natureza.


Conforme dados apurados, um elemento brasileiro havia enviado um email a  Vaz Kinguri, fazendo se passar por assessor do presidente brasileiro e  propondo que Lula da Silva fizesse  um exclusivo a Radio Nacional para falar da segurança no Brasil face aos jogos olímpicos de 2014. O mesmo aceitou, de imediato,  acabando por cair na armadilha.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: