Luanda - Em reação a iniciativa de Alcides Sakala Simões, em ter rejeitado ao cargo de presidente da bancada parlamentar da UNITA, um porta voz do partido Altino Kapango, reanimou o assunto explicando que “Não se trata de uma simples rejeição”, mas sim um acto que visou dar prioridade aos mais jovens para ocuparem cargos do aparelho partidário.

Fonte: Club-k.net

“O Dr. Alcides Sakala, quando solicitado pelo Presidente Eleito, disse que "gostaria de dar oportunidade aos mais jovens, uma vez que esteve na liderança do Grupo Parlamentar um bom tempo"”, disse o dirigente da UNITA, Altino Kapango que entende ser “uma posição honesta, coerente e que devíamos aplaudir o sentido de promoção da Juventude que habita no verdadeiro espírito de Alcides Sakala”.


Antigo guerrilheiro e diplomata de carreira, o embaixador Alcides Sakala foi o segundo mais votado no XIII congresso da UNITA. Antes do conclave que elegeu Adalberto da Costa Júnior como novo presidente, o mesmo exercia o cargo de secretários para as relações exteriores e de porta-voz do partido.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: