Lisboa - Caros colegas, antes de mais as minhas saudações. Em meu nome e da minha família agradecemos o apoio e solidariedade manifestado pelos colegas.

Fonte: Club-k.net


Pessoalmente fiquei surpreso com as notícias que circulam nas redes sociais e que não correspondem a verdade dos factos e induz os colegas na tomada imponderada de actos.


Realmente não gozo de boa saúde e nos últimos quatro meses o quadro clínico sofreu alterações, mas tenho todo o apoio familiar, da colegas e, pontualmente, da empresa, pelo que, convém esclarecer algumas questões para evitar equívocos:

 

1 - Eu não fui abandonado pela empresa. O PCA Victor Silva tem falado comigo e manifestou todo o seu apoio e solidariedade. Naquilo que for possível a empresa vai apoiar, como fê-lo em finais de Julho/Agosto se a memória não me atraiçoa. Outros apoios dentro das disponibilidades da empresa se seguirão. Aliás, temos mais colegas enfermos e o “ mal” deve ser dividido pelas aldeias. Portanto, não colhe essa notícia que de fui abandonado pela empresa.


2 - O Administrador Caetano esteve em Lisboa e foi ao hospital ver—me e também me transmitiu as preocupações da empresa relativamente à minha saúde.


3 - O Administrador JAD também tem falado comigo e manifestou toda a sua abertura para o caso, no que tange apoios, no quadro das prioridades da empresa. Portanto, como podem contactar não fui abandonado pela empresa como está relatado nas redes sociais. Pura ficção.

5 - O Mário Eugénio também esteve em lisboa e foi me visitar e me deixou em lágrimas comas suas palavras de incentivo, coragem, muita força e fé.


5 - Aos colegas aconselho ponderação na abordagem da situação que, não é nova, e tem sido falada na Redacção. Qualquer informação a respeito agradecia que me contactassem antes de qualquer manifestação pública.


6 - Pontualmente tenho recebido de colegas da Redacção apoio financeiro, cujos nomes ficam com o Senhor. Apenas agradeço neste particularmente difícil da minha vida. Com fé, força e o apoio moral tudo vai correr bem.

Agradeço todo o apoio moral, carinho e solidariedade dos colegas. Do fundo do coração. Nem sempre estou disponível via telefone mas podem mandar mensagem e depois respondo. Tamosjuntos

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: