Luanda - O jogador Manucho Gonçalves pediu desculpas à nação angolana, ao treinador e aos seus companheiros da selecção nacional de futebol, pelos transtornos provocados recentemente em Portugal, por altura dos amistosos realizados.

 
Fonte: Angop

 
ImageEm declarações à Angop, a partir de Espanha, o atleta do Valladolid da primeira liga daquele país europeu, reconhece o erro cometido, por isso, espera que seja entendido.

 


"A minha chegada tardia ao local de concentração do estágio da selecção foi por motivos de visto de entrada e não por minha vontade", justificou-se.

 


"Peço desculpas ao professor e aos meus colegas, em particular, e à nação em geral por tudo que está acontecer. Estou muito triste por esta situação, porque neste momento estou a ser considerado indisciplinado pelo povo angolano", reconheceu.

 


Manucho mostra-se disponível a representar a Selecção Nacional e a melhorar o seu comportamento junto do treinador e dos colegas de profissão.

 


O jogador foi afastado pelo técnico Manuel José por ter chegado tarde ao local de concentração do estágio nos jogos amistosos com as selecções nacionais de Malta e dos Camarões, nos dias 10 e 14 de Outubro último.

 


Angola, recorde-se, vai organizar a Taça de África das Nações Orange - Angola 2010, de 10 a 31 de Janeiro nas cidades de Luanda, Lubango, Cabinda e Benguela.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: