Luanda - O embaixador de Angola na Bélgica, Georges Chikoti, foi eleito hoje (sábado), em Nairobi, secretário-geral do grupo África, Caraíbas e Pacífico (ACP), derrotando os candidatos do Malawi, Brave Rona Ndisale, e do Zimbabwe, Chifamba Tadeus Tafirenyika.

Fonte: Angop

A eleição do candidato angolano ocorreu durante a Sessão do Conselho de Ministros do ACP, aberta pelo vice-presidente queniano, Willian Rotu.

 

Georges Rebelo Pinto Chikoti é o primeiro angolano a ocupar um cargo de destaque na ACP e substitui Patrick Gomes que recebeu inúmeras felicitações dos delegados.

 

Natural de Dondi, província do Huambo, nasceu a 6 de Junho de 1955. Georges Chikoti é mestre em Geografia Económica e licenciado em Relações Internacionais pela Universidade de Ottawa, Canadá.

 

Georges Chikoti, que fala fluentemente inglês, francês, português, umbundo e bemba, já trabalhou no Banco Imperial do Canadá, em Toronto, e foi consultor da Agência Canadiana de Desenvolvimento Internacional (CIDA).

 

 

Em Angola foi vice-ministro das Relações, em 2010 ascendeu a ministro das Relações Exteriores, cargo que exerceu até 2017.

 

Em 2018, foi nomeado embaixador de Angola na União Europeia, no Reino da Bélgica e em Luxemburgo.

 

Bom negociador, de 1999 a 2000, chefiou a delegação angolana em diferentes sessões da Comissão Consultiva Bilateral EUA-Angola, em Luanda e Washington.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: