Luanda - O resultado da autópsia ao corpo do jornalista da Rádio Ecclésia em Ondjiva, Miguel Macumacu, confirmou que este foi assassinado á facada, disse o director da rádio no Cunene Padre Gaudencio Heilengue.

*Armando Chicoca
Fonte: VOA

“Houve prefuração na parte peitoral e foi por causa disso que ele morreu”, disse o Director da Rádio acrescentando aguardar pelo esclarecimentodas causas do assassinato.

 

“As perseguições não vão fazer calar a vontade dos profissionais da Radio Ecclesia na Província do Cunene em dar voz aos angolanos”, disse o director daquele órgão de envagelização diocesano católico e activista cívico, Padre Gaudencio Heilengue.

 

“Ninguém vai-se calar diante das perseguições porque eles nos perseguem porque reconhecem em nós algum potencial e nós vamos prosseguir com o nosso trabalho sem medo”, acrescentou

 

Os restos mortais do malogrado jornalista Miguel Macumacu foram transladados para Luanda, a terra natal do jornalista.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: