Luanda - O seleccionador nacional de futebol, Manuel José, mostrou-se hoje descontente com a forma como Manucho Gonçalves pediu desculpas a si e aos angolanos, por chegar atrasado na concentração dos Palancas Negras em vésperas do jogo com Malta e Camarões.

 
Fonte: Angop

 

Falando à imprensa, no final do treino realizado no estádio dos Coqueiros, o técnico português disse não ter gostado da maneira  como o atleta do Valladolid de Espanha se pronunciou, explicando que, apesar do pedido de desculpas, o mesmo continua a pensar que tem razão.

 

"Ele pensa que tem razão com relação ao passaporte e não é verdade, porque poderia passar a fronteira de carro ou a pé. Chamou-me de mentiroso. Manucho é um assunto encerrado", sublinhou, sem esclarecer se voltará a convocar o avançado.

 

Manucho e Flávio chegaram atrasados no estágio da selecção que preparava os encontros amistosos com Malta e Camarões. Na ocasião, Manuel José afastou os dois mas, ao contrário do ex-jogador do Manchester United, Flávio foi convocado para os desafios diante do Congo (14) e Ghana (18).



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: