Luanda - O advogado David Mendes é apontado como sendo a figura que está a defender o empresário chinês Jack Huang, detido pelas autoridades policiais no dia 26 de Dezembro, por suspeita de liderar uma máfia de falsificadores de dinheiro, no estabelecimento comercial cidade da China, em Viana.

Fonte: Club-k.net

Segundo fontes polícias os detidos confessaram o envolvimento na prática de falsificação da moeda nacional, através de uma rede que se encontram na China, o dinheiro chega Angola por meio de navios.


A fonte avançou que os chineses já desenvolvem está acção criminosa desde 2015 e sempre gozaram de protecção de altas patentes da polícia nacional.


David Mendes tem a missão de colocar em liberdade Jack Huag, um empresário chinês que já foi detido em 2016, na Namíbia, por cometimento de vários crimes económicos.


Em Angola, o seu estabelecimento comercial é protegido por efectivos das Forças Armas Angolanas. No estabelecimento cidade da China, as autoridades de Viana não são permitidos exercer o trabalho de inspeção desde a fiscalização, o comércio, tráfego e mobilidade.


Os funcionários daquele estabelecimento comercial os salários não estão domiciliados em nenhum banco e nem sequer são descontados a segurança social.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: