Luanda - O Serviço Nacional de Recuperação de Activos órgão adstrito da Procuradoria Geral da República intentou uma providência cautelar de arresto no Tribunal Provincial de Luanda contra Isabel dos Santos, o seu esposo Sindika Dokolo e o gestor português Mário Filipe Leite da Silva.

Fonte: Club-k.net

Empresária  com as contas bancarias  bloqueadas 

A referida providencia cautelar foi decretada por sentença pela primeira sessão da Sala do Cível e Administrativo do Tribunal Provincial de Luanda, porquanto ficou provado a celebração de negócios com o Estado angolano através das empresas SODIAM-EP, e Sonangol constituíram a sociedade Esperaza Holding BV, detendo aquela (Sonangol) 60% do capital social e a Exam Energy BV, empresa de que Isabel José dos Santos, Sindika Dokolo e Mário Filipe Leite da Silva são beneficiários efectivos, 40%.

 

Com a realização destes negócios, segundo a PGR, o Estado angolano teve um prejuízo de USD 1, 136 996 825 56.

 

Em função dos factos no processo, o tribunal decretou o arresto preventivo de contas bancarias dos requerentes nos bancos BFA, BIC, BA, Banco Econômico; participações sociais que os requeridos detém enquanto beneficiários efecticos nas empresas, BIC, ZAP Media, UNITEL, Cimangola II, Ciminvest, Condis, Continente, Sobiba.

 

Para garantir o normal funcionamento das empresas cujas participações sociais foram arrestadas, a pedido das PGR, o Tribunal indicou fiel depositário dos próprios Conselhos de Administrações e o Banco Nacional de Angola.

 

Segundo a PGR, a providencia cautelar não afecta os postos de trabalhos das empresas supra referidas nem os compromissos por elas assumidos , pois visa apenas acautelar o cumprimento de uma obrigação.

 

Em reação a medida do Tribunal, a empresária Isabel dos Santos – através das redes sociais - apelou a calma dos seus gestores e funcionários: “Gostaria de deixar, uma mensagem de tranquilidade e confiança às minhas equipas Vamos continuar, todos os dias, em todos os negócios, a dar o nosso melhor e a lutar por aquilo que eu acredito para Angola. O caminho é longo, a verdade há-de imperar. Unidos somos mais fortes”.

 

Tema relacionado 


Governo confisca Nova Cimangola

Isabel dos Santos diz haver "caça às bruxas" contra a sua família

Loading...

Loading...

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: