Lisboa - A Procuradoria-Geral da República angolana admitiu que poderá vir a arrestar participações da empresária angolana em empresas portuguesas, tal como aconteceu com os seus bens em Angola.

Fonte: Lusa

A Procuradoria-Geral da República angolana admitiu que os bens da empresária Isabel dos Santos em Portugal poderão vir a ser alvo de arresto, avança o jornal ECO.

 

Para já, o processo de que é alvo não inclui as participações da angolana em empresas portuguesas, como a Galp detida através da Amorim Energia e da Esperaza, o EuroBic, a Efacec e a Nos.

 

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: