Lobito - O agente da polícia Francisco Cavondola foi assassinado a catanada na sexta-feira última, no município do Bocoio, província de Benguela, durante uma operação na via pública, apurou hoje a Angop.

Fonte: Angop

Em comunicado, o comando provincial da polícia informou que o agente Francisco Cavondola foi morto, com golpes de catana no rosto, quando a sua unidade de patrulha procurava dominar um indivíduo, que empunhando uma catana, cometia agressões na via pública.


E após atacar Francisco Cavondola, primeiro subchefe da polícia no Bocoio, o suspeito apossou-se da pistola da vítima, tendo efectuado 12 disparos. Na reacção, foi mortalmente atingido por tiros disparados por agentes policiais.


Antes de ser abatido, o indivíduo também já teria atacado, com o mesmo objecto cortante, o cidadão Xavier Dala Cobume, de 32 anos, atendido com ferimentos graves nas urgências do hospital municipal do Bocoio.


O comando provincial da polícia lamenta a morte em serviço do seu agente, ao mesmo tempo que apela à calma às populações do município do Bocoio e o acatamento das instruções dos efectivos policiais na via pública.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: