Luanda - O Bureau Político do Comité Central do MPLA encorajou esta quarta-feira o Executivo a incrementar medidas para a integração sócio-profissional dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, sem descurar à sua protecção social.

Fonte: Angop

O facto vem expresso numa declaração alusiva ao Dia Nacional dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, que hoje se assinala (15 de Janeiro), indicando que as medidas incluem também a passagem à reforma, atribuição de outros subsídios, assim como a melhoria das suas condições de vida, nomeadamente a adequação da pensão e a concessão de apoio às suas famílias.

 

Segundo o organismo permanente de direcção do partido no poder (Bureau Político), a crise que afecta Angola e os angolanos só pode ser vencida com muito trabalho e com um conjunto de medidas de carácter económico-financeiras e empresariais, com a participação do sector público, bem como iniciativas do sector privado e da sociedade civil.

 

O MPLA reconhece que se Angola e os angolanos usufruem da bonança da Paz e da Democracia, tal se deve aos sacrifícios consentidos pelos heróicos compatriotas que participaram na luta armada de libertação nacional e na defesa da Pátria.

 

Por ocasião do Dia Nacional dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, o Bureau Político do Comité Central do MPLA expressa “voto de Reconhecimento eterno àqueles valorosos compatriotas pela contribuição voluntária e corajosa em prol da Liberdade do Povo Angolano”.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: