Luanda - O Secretariado da Comunicação e Marketing da UNITA protesta veementemente a maneira leviana e irresponsável como a Rádio Nacional de Angola, no seu programa “Manhã Informativa” aborda as declarações dos dirigentes deste Partido, com destaque para a deturpação deliberada do discurso de abertura do Ano Político 2020, proferido pelo Presidente Adalberto Costa júnior, no dia 11 de Janeiro de 2020, em Luanda.

Fonte: UNITA


Recorda que o Presidente da UNITA, trouxe a terreiro aspectos estratégicos que deviam despertar e comprometer os actores políticos deste país, especialmente o Partido governante, no sentido de tratar com celeridade desejada e sentido patriótico, as tarefas urgentes previstas para o ano em curso, como as eleições autárquicas, aprovação do seu Pacote Legislativo, a necessidade de um novo registo eleitoral , reformas institucionais e combate à corrupção abrangente e não selectivo. São esses assuntos que o Líder da UNITA propõe que deveriam nortear agenda política do país em 2020.

 

Por essa razão, o Secretariado da Comunicação e Marketing da UNITA repudia categoricamente, que o director de órgão de Comunicação Social público, o Jornal de Angola, nas vestes de analista e conhecido pelo seu ódio à UNITA, se substitua aos órgãos vocacionados e antecipe juizos, desviando as atenções da opinião pública nacional e internacional dos verdadeiros problemas que devem ser resolvidos e em tempo útil.

 

O Secretariado da Comunicação e Marketing da UNITA insta os Órgãos de Comunicação Social sobretudo públicos a terem mais responsabilidade e a cumprirem o seu verdadeiro papel de intermediários entre os factos e os destinatários do seu serviço, e de formadores de opinião.

 

Em nome da verdade e do pluralismo a UNITA exorta ao Ministério da Comunicação Social, à Entidade Reguladora da Comunicação Social e demais órgãos reguladores a assumirem o seu verdadeiro papel para que foram instituídos. Angola continua a não ter uma comunicação social pública direccionada ao serviço do país. Luanda, 14 de Janeiro de 2020. O Secretariado da Comunicação e Marketing



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: