Namibe - Será que ainda é tempo do Comando Provincial do Namibe da Policia Nacional continuar a proteger os agentes mau comportados? Será que aqueles agentes da Policia que cometem erros imperdoáveis devem continuar na corporação?

Fonte: Club-k.net

Pelo menos o malogrado Laurindo além de ser policia tem pai e mãe, para dizer que tem familia, enlutada neste momento, deixa 5 órfãos e uma viuva. Ele era um dos pilares na familia que agora vai ter que viver sem o "rei Indio" como era chamado.


A PERGUNTO: "SERÁ que haverá novamente arranjos para salvar os criminosos das nossas esquadras policiais"?

 

Uma das irmãs do malogrado disse que alem do castigo a merecer os delinquentes fardados a policia, a familia quer SABER as motivações do crime e o irmão antes de morrer. falou e citou os nomes dos colegas que o AGREDIRAM juntamente com o chefe do referido destacamento policial do Caraculo que agora è atendido pelo Comando Municipal do Namibe dirigido pelo antigo chefe dos recursos humanos, Superintendente Chefe "Santinho" que de Santo estamos a investigar.


Segundo as fontes do NFV na localidade do Caraculo, presume-se que o acto tenha sido cometido pelo segundo Subchefe Budo ou Gudu, um nome difícil de perceber via telemovel. Compulsado no nosso histórico o nome de Budu, se for o caso já tem antecedentes criminais.


A ser este nome de facto é caso para se dizer que é reincidente nestes actos de agressividade com o uso da farda e pistola, bastando rebuscar um dos casos no tempo do Comandante Candela, aqui no Namibe, que depois da denuncia do mesmo ter agredido e extorquido 5 mil kzs a um trabalhador da empresa, Laurinda durante uma operação madrugadora no bairro Cambongue, o policia com este nome terá sido julgado e condenado na pena efectiva pelo juiz Modesto.


Pergunta-se como é que este homem continua a servir as fileiras policiais?.Uma Batata podre não deve sujar o colectivo.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: