Lubango - Dois agentes da Unidade da Polícia de Intervenção Rápida (PIR) foram suspensos por suposta prática de abuso de autoridade enquanto patrulhavam os bairros Comercial e da Lage, nesta terça-feira, no quadro do Estado de Emergência em vigor no país há 13 dias.

Fonte: Angop

Segundo uma nota de imprensa do Comando Provincial chegada à ANGOP, foi aberto um processo de averiguações contra os dois agentes, identificados num vídeo que circula nas redes sociais.

Segundo a nota, teriam sido molestados cidadãos nacionais e estrangeiros, alegadamente por estes não terem encerrado a loja na hora determinada pelas autoridades.

Através da fiscalização interna, lê-se no comunicado, foram localizados os agentes em causa que estão suspensos preventivamente.

A Polícia Nacional exorta aos agentes da ordem a pautarem por uma conduta digna do respeito que a farda merece, tendo para o efeito disponibilizado os contactos 115 e 914 395 594 para a denúncia relativa a actuação policial neste período.

Por outro lado, os cidadãos continuam a violar as medidas de prevenção, sendo que aglomerados populacionais, com número de pessoas superior ao permitido (menos de 50) estão a registar-se em estabelecimentos comerciais e agências bancárias, no município do Lubango.

Nona industrial do Lubango, à ANGOP encontrou armazéns grossistas abarrotados de clientes, violando as medidas de isolamento social e de distanciamento entre pessoas, de no mínimo um metro, no âmbito do combate à coronavirus.

Já nalgumas agências bancárias, apesar do respeito pela distância de um metro entre pessoas, para evitar eventuais contágios, foi notório o incumprimento do limite de 50 por aglomerado.

Já no município da Jamba, até ao momento, foram rastreados, pelas autoridades sanitárias, 759 cidadãos, dos quais 18 crianças, entre nacionais e estrangeiros oriundos de vários pontos do país.

O administrador municipal, Abel Wandi André, que revelou a informação, disse não haver registo de casos suspeitos da doença.

Adiantou que as autoridades intensificaram as medidas de prevenção no interior do município, com campanhas diárias de sensibilização da população para o cumprimento escrupuloso das medidas de isolamento social e de protecção.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: