Luanda - A representante da província do Namibe ao Concurso Miss Angola/2010, Jurema Ferraz, arrebatou sexta-feira, em Luanda, o título, numa gala de eleição presenciada pela primeira-dama do país, Ana Paula dos Santos.


Fonte: Angop



A eleita terá, dentre outros prémios, direito a uma viagem ao Brasil, uma viatura e uma jóia.  



Na ocasião, foram igualmente eleitas a miss simpatia, fotogenia e BPC, nomeadamente Zenaide Pereira (miss Huíla), Joelma Ramos (miss Angola na Alemanha) e Ariete do Espírito Santo (representante de Luanda).




Ariete do Espírito Santo receberá um prémio de cinco mil dólares e será o rosto de publicidade do BPC durante o ano 2010.  




No evento foi igualmente atribuído o título de melhor traje típico angolano à concorrente Edmara Domingos (miss Cunene) que, à semelhança das distinguidas acima referidas, recebeu uma faixa com as inscrições do galardão.

 

Miss Angola 2010 aponta combate à Sida como prioridade no seu mandato



A Miss Angola 2010, Jurema Ferraz, apontou, em Luanda, o combate contra o Vih/Sida e outras endemias como as prioridades para o seu mandato ao longo do ano 2010.


Em declarações à imprensa no final do evento que a consagrou como a detentora da coroa da mulher mais bela do país e representante nacional ao concurso Miss Universo 2010, Jurema Ferraz avançou que o combate à Sida surge como prioridade principal tendo em conta ser uma doença que tem provocado a morte de centenas de milhares de pessoas no mundo.


“Nos próximos dias vou concertar ideais com o Comité Miss Angola para encontrar as melhores vias para a realização dos programas dileneados. Mas a principio o combate à Sida é uma prioridade absoluta”, reforçou a representante do Namibe.


Relativamente ao facto de ter vencido o concurso, Jurema Ferraz adiantou que a partir deste momento começa uma etapa de muito trabalho e de sacrifício em prol do desenvolvimento de Angola.



A presente edição homenageou as divas que mais se destacaram nos anos 30, 50 e 70 ao nível mundial. Destaques foram também para as divas africanas, em geral, e em particular as angolanas Lourdes Van-Dúnem e Belita Palma.

 

A gala de eleição contou com as actuações da angolana Pérola, da brasileira Fafá de Belém e da cabo-verdiana Gama.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: