Luanda – O ministério da saúde de Angola nomeou recentemente o médico Carlos Alberto Masseca como novo director-geral do Hospital Sanatório de Luanda, em substituição do acadêmico (Professor de cirurgia-Universidade Jean Piaget), Rodrigues Leonardo.


Fonte: Club-k.net


O novo director-geral do Hospital Sanatório de Luanda é Mestre em Saúde Pública e especialista em Administração Hospitalar. No aparelho governamental exerceu funções de delegado provincial da saúde, vice-ministro da saúde, e até Fevereiro passado ocupava o cargo de vice-governador da Província do Moxico.


Construído em 1968 pelo então regime colonial português, o Hospital Sanatório de Luanda é uma das unidades hospitalares que não recebia obras desde reabilitação desde a sua fundação. Quando chegou ao poder, ou seja 15 dias depois de tomar posse como Presidente de Angola, o líder angolano João Manuel Gonçalves Lourenço efectuou uma visita surpresa a este hospital na qual encontrou em estado de degradação e com doentes a dormirem no chão por falta de camas.


Contrariando a posição da sua então direção que defendia a demolição do hospital, aos 9 de Março de 2018, o Presidente da República através do despacho presidencial 29/18, autorizou a contratação de uma empresa de obras públicas para reabilitar, ampliar e apetrechar o Hospital Sanatório de Luanda, em virtude “da urgência em garantir a continuidade dos serviços hospitalares”.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: