Lisboa - Agostinho de Carvalho dos Santos Van-Dúnem “Gugu”, o Secretário Geral do Ministério das Relações Exteriores é citado internamente como tendo manifestado ao novo titular da pasta o seu pedido demissão do cargo na qual foi nomeado por via do Despacho n.º 3694/17 assinado em Novembro de 2017 pelo antigo chefe da diplomacia angolana, Manuel Augusto.

Fonte: Club-k.net

Ministro não aceita: Só depois de uma inspeção

Segundo apurou o Club-K, o novo ministro Teté António não aceitou o pedido de demissão do diplomata. O entendimento interno existente   é de  que a cerca de um mês uma equipa da Inspeção Geral da Administração do Estado (IGAE) tem estado  a realizar trabalhos de contraditório para conclusão de um  relatório sobre a gestão do consulado geral de Angola na cidade do Porto e Lisboa que eram acompanhados por Agostinho Van-Dúnem pelo que o novo ministro entende que a não saída do Secretário Geral ajudaria nos esclarecimentos dos trabalhos dos inspectores.

 

Para além de Secretário Geral, Agostinho de Carvalho dos Santos Van-Dúnem “Gugu”, acumulava também as funções de diretor dos recursos humanos e de responsável pelas finanças do Ministério das Relações Exteriores.

 

Antigo estudante em Portugal, Van-Dúnem destacou-se nos anos noventa como parte do conhecido grupo de estudantes angolanos que contestavam junto a Embaixada de Angola em Lisboa pelo atraso dos subsídios de bolsa. Por se revelarem “revolucionários”, o que não era admissível pelo contesto de conflito armado de então, “Gugu” e mais outros estudantes foram levados a Luanda a fim de serem ouvidos e acabaram mais tarde por serem mobilizados para trabalhar para o governo. Van-Dúnem foi colocado na então assessoria diplomática da Presidência da República onde fez carreira e promovido, em 2012, a categoria diplomática de Ministro Conselheiro, conforme consta no Despacho n.º 2291-KI/12.

 

Depois das eleições de 2017, o então ministro Manuel Augusto convidou-o para se transferir como Secretário Geral do MIREX. Oito meses depois de assumir as pastas, Agostinho Van-Dúnem (através do Despacho n.º 2989/18) foi promovido para a categoria de Embaixador, no quadro da carreira Diplomática. A nível da hierarquia institucional é a terceira figura do MIREX, seguindo aos Secretários de Estado.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: