Luanda - A Delegação do Ministério do Interior em Luanda, relativamente ao ocorrido no dia 09 de Maio de 2020, às 22 horas, no bairro Rocha Pinto, concretamente na Esquadra Móvel do bairro Huambo, em que foi vítima mortal o cidadão António Domingos Vulola, de 21 anos idade, vem esclarecer o seguinte:

Fonte: MININT

1. As forças da ordem no âmbito do seu trabalho de fiscalização face às medidas de prevenção à pandemia da Covid-19 registou, no bairro Huambo, um aglomerado de pessoas e na tentativa de persuadir os cidadãos a obedecerem as medidas do Estado de Emergência, os referidos cidadãos mostraram resistência e partiram para agressão contra as forças da ordem, arremessando paus, pedras e garrafas.

 

2. Na tentativa de dispersão, em defesa da sua própria integridade física, as forças da ordem efectuaram disparos que, acidentalmente, atingiu o cidadão em causa e foi rapidamente socorrido ao hospital Josina Machel, ainda em vida, mas infelizmente acabou por falecer.

 

3. Face a ocorrência, houve por parte dos moradores a tentativa de vandalização da Esquadra Móvel, bem como de algumas viaturas que ali se encontravam estacionadas, mas a pronta intervenção das forças da ordem foi possível acalmar os ânimos dos moradores.

 

4. Estão a ser efectuadas diligências no sentido de se apurar as reais motivações que originaram o conflito naquela localidade.

 

5. A Delegação do Ministério do Interior em Luanda exorta aos cidadãos a acatarem com as medidas impostas pelo Estado de Emergência face à pandemia da Covid-19 e a colaborar com as autoridades no sentido de ultrapassarmos todos juntos combatendo o inimigo invisível.

O DIRECTOR PROVINCIAL

HERMENEGILDO DE BRITO ADELINO
// INTENDENTE //

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: