Luanda - O MPLA manifestou, hoje, sábado, a sua consternação pelo falecimento do seu militante e nacionalista João Francisco “Karitete” ocorrido dia 28 deste mês, em Luanda, vítima de doença.

Fonte: Angop

Segundo uma nota de condolência do MPLA, chegada à Angop, o Bureau Político do Comité Central do MPLA lamenta o falecimento do antigo combatente e veterano da Pátria João Pedro "Karitete", de 82 anos de idade.

 

Nascido em 1938, na povoação de Luenze, município de Calandula, província de Malanje, “Karitete” foi um nacionalista e intrépido lutador pela liberdade de Angola, com impressões digitais em factos relevantes da história de luta do povo angolano, como o levantamento de 4 de Janeiro na Baixa de Kassanji (manifestação violentamente reprimida pela Forças Aérea do regime colonial português), o 4 de Fevereiro de 1961 e o movimento de 15 de Março, no norte do país.

 

Por conta das suas acções no processo da Luta de Libertação Nacional, foi preso várias vezes pela PIDE-DGS, enclausurado na famigerada Casa de Reclusão, transferido posteriormente para as prisões de São Paulo, São Pedro da Barra, Moçâmedes e Missombo.

 

Deputado à Assembleia Nacional pela lista do MPLA nas eleições de 1992, “Karitete” exerceu, no Parlamento Angolano, as funções de 4º vice-presidente e de vice-presidente da Comissão de Economia e Finanças.

 

Pela sua abnegada e intensa participação em actividades políticas em prol da libertação de Angola, o nacionalista João Pedro Francisco "Karitete" foi condecorado com a medalha “Combatente da Luta Clandestina”, em 1990, pela então Assembleia do Povo.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: