Luanda - O BPI interpôs hoje, na Comarca da Madeira, um processo para a cobrança de uma dívida de quase 5 milhões de euros de Sindika Dokolo, marido da empresária Isabel dos Santos, que é filha do ex-presidente angolano.


Fonte: DN

O processo que deu entrada no Juízo de Execução do Funchal abrange Sindika Dokolo em nome individual mas também a sua empresa ‘Dorsay SGPS’, registada na Zona Franca da Madeira e com sede social num escritório no 3.º andar do n.º 47 da Rua do Esmeraldo, no Funchal. Esta sociedade foi apontada como detentora de participações no sector cimenteiro angolano.


Recorde-se que várias empresas ligadas à filha do ex-presidente de Angola estão na mira de processos judiciais desencadeados pelos novos titulares do governo angolano. A ‘Dorsay SGPS’ esteve na iminência de ser dissolvida oficiosamente pelas autoridades portuguesas por não entregarem contas anuais desde 2016. Esta lacuna foi colmatada em Fevereiro passado.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: