Luanda - A pandemia de coronavírus espalhou, além da Covid-19, pânico e desolação entre os angolanos. Mas também despertou o que há de melhor nos seres humanos: a solidariedade. O sentimento de que é preciso ajudar o próximo.

Fonte: MPLA

Ao Gabinete para a Cidadania e Sociedade Civil do MPLA

Solidário a nobre causa de doação de bens alimentares de primeira necessidade, para serem distribuídos às famílias carenciadas numa altura que se vive em Situação de Calamidade Silvestre Tulumba lança o desafio aos empresários Angolanos de Cabinda ao Cunene, no sentido de conjugarem esforços e ajudarem o País com acções similares para a mitigação dos efeitos da pandemia Covid-19.


Enalteceu o trabalho da Comissão Interministerial para a Prevenção e combate à Pandemia Covid-19 realçando que o País já registra 69 casos positivos e que exigi-se de forma contínua e sem olhar a meios a necessidade permanente de prevenção, e sensibilização dos cuidados a se ter.


Realçar que Tulumba é membro do Comité Central do MPLA cumprindo o princípio da solidariedade assente na essência do MPLA.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: