Berlin - A forma também brutal como o MPLA tem manobrado e controlado as igrejas, em Angola, tem obrigado muitos crentes a fazerem o jogo sujo do marketing religioso, para conseguirem algumas migalhas das esmolas estatais, para sua sobrevivência. Hoje "evangélico” tem sinônimo de espertalhão, falso moralista, indiferente aos dramas sociais e afeitos a média e ao luxo.


Fonte: Fernando Vumby


ImageAlguns padres,transformaram-se em autênticos políticos ,acumulando fortunas duvidosas.Principalmente,aqueles que no passado foram professores de certos governantes de hoje. E segundo dados, até já existem padres ao serviço das forças secretas.

Não é para menos, se levarmos em consideração, a forma como muitos docentes competentes têm sido afastados ou proibidos de lecionar em certas universidades ligadas ás igrejas.Nunca tanta gente freqüentou e lotaram igrejas em busca de uma "vida melhor " e mal sabem que estão seguindo falsos e perigosos sacerdotes, centrados em si mesmo,fazendo mercado da fé em prol de popularidade e riqueza.


Sou de formação religiosa, passei a minha infância, entre a missão católica da cazanga e seminário de Luanda, desde princípio dos anos 60/70. Embora algumas igrejas tivessem jogado um papel tão negativo ao colaborarem com a ex-PIDE,recordo-me que "crente " era sinônimo de gente honesta,a ponto de muitos patrões os procurarem para cargos de confiança.


Lembro-me das empregadas domésticas internas,para cuidar de crianças,tinham que ser religiosas,pois era disposta,honesta,respeitosa e não mexia nas coisas de casa.Lembro-me também de alguns padres que conheci nesta época. (Padre Gil Marechal, D.Moisés Alves de Pinho, Padre Antunes, D.André Muaka, Padre Agostinho, Padre Apolinário, Irmão Diogo, Miguel Ginga e algumas madres que pertenciam a Congregação do Espírito Santo).


Eram cultos,amigos e verdadeiros sacerdotes.Quem não se lembra da ( Casa pia ) ( Casa dos rapazes ) ( Casa dos gaiatos ) ( Seminário ) ( Escola do Kessua )(Missão do S.Paulo ) ( S.Domingo ,etc. ? ) Visitavam os fiéis sistematicamente,iam aos hospitais,realizavam casamentos,funerais,batizados e ainda lhes sobrava tempo para darem aulas e conversarem com os alunos.


Eram verdadeiras reservas morais e tidas como “reverendos”, ou seja, dignos de reverência. Hoje este tipo de pastor é uma espécie em extinção! Hoje, andam quase todos feitos, e do lado do governo, comendo do mesmo prato e andando de braços dados com pessoas que o mundo inteiro considera de criminosos.


Enquanto os problemas e as rivalidades entre bispos, padres e madres se multiplicam, como prova as chantagens e o afastamento de padres em Cabinda. Não ficarei admirado, se um dia surgir um partido criado por padres, com o simples objectivo de orar e abençoar os criminosos que nos governam. Os pregadores de hoje são obcecados por vitória, triunfo, fama e poder. Não consigo enxergar neles algo que me edifique . Fico pasmo diante de tanta aberração.


ATÉ PARECE QUE CERTOS PADRES TROCARAM DEUS POR EDUARDO DOS SANTOS


Cuja existência só se justifica se conseguir satisfazer os seus caprichos. Hoje temos pastores, bispos e padres para todos os gostos e situações, cada um cantando a sua melodia, outros mal conhecem a Bíblia e falam sobre Cristo, como se de diamante ou petróleo se tratasse. Para alguns Cristo é o presidente da republica que dá prendas,como um pai natal rico e poderoso,que satisfaz as necessidades de quem é obediente, e castiga os desobedientes.


Em algumas igrejas ( Por exemplo ) ,a programação da semana, parece serem feitas pelo " Bornito de Sousa " pessoa que hoje aparece como um dos grande estratégia,nesse tipo de manobras,porque o presidente não me parece assim tão inteligente para isso. Conseguiram transformar os balcões de algumas igrejas numa espécie de “fast food”. Cultos segmentados ,a fim de atrair as pessoas pelo interesse pessoal. Alguns freqüentadores até mesmo membros da minha família, curiosamente; afirmam que suas vidas “melhoraram”, mas esta melhora é medida pela prosperidade material e não pela experiência devocional, religiosa, intima com Deus, como prova o comportamento de alguns.


A MENSAGEM QUE ELES DEIXAM


Contém Cristo, mas não na essência. É como o gelado de mukua, que compramos. Você não pode negar que tem sabor de mukua,mas procura um pedaço que seja da mukua e não encontra. Com a intromissão do governo no meio evangélico, muitos crentes estão como em pânico, e algumas igrejas transformadas, em casa da mãe Joana.


O verdadeiro cristão, é como um pequeno Cristo, não faz performances de um lado para o outro. Acredito porém,que alguns tenham iniciado seu trabalho com temor á Deus e humildade,mas hoje são capazes de receber dinheiro do governo para calarem á boca de certos sacerdotes e fazem das emissoras o monopólio dos sacerdotes obedientes.


Os que tudo aceitam, e nunca conseguiram condenar a corrupção existente por todo o país,se calhar com medo, de serem enviados para o inferno. Enganam-se quem pensa que, porque são "Pastores" são inocentes, ingênuos. De modo algum. Alguns são como competidores de todo produtor de TV. Burros somos nós, que sustentamos suas actividades frenéticas em busca de adeptos.

APESAR DE TUDO


Reconheço que temos,muito boa gente honrada no meio religioso,que me merecem muito respeito,carinho,amor e consideração por tudo quanto têm feito ,em prol da paz,reconciliação e harmonia nacional. Algumas têm sabido ser verdadeiros mestres e emissários do Senhor. Não cito nomes ,pois, eles sabem quem são.Têm sabido ser ( O sal da terra e a luz do mundo ) ou seja, referencias,cartas vivas de Deus á humanidade.
Quanto aos outros deveriam primar pelo bom senso, arrependerem-se e deixarem nossos acadêmicos continuarem suas actividades, lecionando aqueles que serão o futuro garante deste país.


MUITAS IGREJAS HOJE TRABALHAM E AGEM

 Como se fossem empresas e conseguem auferir lucros dignos de verdadeiras empresas multi nacionais, além das esmolas que recebem do governo, por serem fiéis aos seus mandamentos. ((Controlar os refilões, denunciá-los, afastá-los e no último caso, fazer chegar os relatórios aos serviços de inteligência, para castigá-los) Assim acontece na Huila, Bié, Cabinda, Huambo, Luanda, Malanje, etc.) Mas quem não sabe disto? .


Naturalmente, visando obter melhor adequação á realidade e lucros substanciais, geralmente ocorrem mudanças em diversos sectores da sociedade. Isto é normal, para alguns, num mundo que vive e caminha sob égide do capitalismo. A igreja, que também vive e participa desse mundo, ultimamente sofreu profundas mudanças mafiosas, e algumas dessas mudanças são altamente prejudiciais e descaracterizaram as igrejas.


Conheço muitas pessoas bem intencionadas,no meio religioso angolano,porém poucas realmente trabalhando com amor,para mudar o rumo das coisas.A resposta é sempre a mesma : ---- não queremos ter problemas com o governo --- Com esse medo todo, vão admitindo com que, as igrejas se transformem,em comitê do partido,da jota ou salão de beleza da oma.


UM GRANDE AMIGO MEU, EM TEMPOS DISSE: (CHEGARÁ O DIA EM QUE OS ANGOLANOS ATÉ TERÃO MEDO DE CHORAR E SORRIR)
 

Fernando Vumby



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: