Cabinda - O atentado de ontem em Cabinda causou 2 mortos, entre a comitiva do Togo. Morreu o treinador adjunto e um jornalista que acompanhava a selecção, que não resistiram aos ferimentos causados pelos disparos de metralhadora.

 

É uma notícia que dá uma dimensão mais trágica ao atentado reivindicado ontem pela FLEC, como relata o repórter Paulo Catarro, correspondente em Angola.


Fonte: RTP

Para mas detalhes clica aqui!



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: