Dondo - A conclusão das obras de reabilitação e ampliação do hospital municipal de Cambambe, província do Cuanza Norte, foi retirada do leque de acções inseridas no Programa Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), por ter sido já paga em projectos anteriores.

Fonte: Angop

Segundo o director do Gabinete de Estudos, Planeamento e Estatísticas da Administração Municipal de Cambambe, Pedro Ester Kilombo, que anunciou o facto quarta-feira à Angop, o PIIM tinha previsto um orçamento de 864, 5 milhões de kwanzas para a conclusão das obras de reabilitação daquele imóvel.

 

Esclareceu que as obras, iniciadas em Junho de 2014 e paralisadas desde 2015, por falta de pagamentos, foram descartadas do PIIM, após o Ministério das Finanças ter identificado como tendo sido já liquidadas em programas anteriores.

 

Face a esta situação, prosseguiu, a administração de Cambambe vai elaborar um memorando, dirigido ao Presidente da República, para análise da questão, pelo facto de tais liquidações terem sido efectuadas na esfera da gestão de entes nacional e provincial, fora da competência das autoridades municipais.

 

Aclarou que a retomada da obra obedecerá ao critério material de contratação, a julgar pelo grau da sua execução física, calculada em mais de 60 por cento, e a continuação do vínculo contratual com o mesmo empreiteiro, que reclama do Estado a amortização de uma dívida, resultante da execução parcial desta empreitada.

 

Pedro Kilombo não precisou o valor global do custo inicial das obras, os montantes já liquidados e nem o valor em divida com o empreiteiro.

 

A conclusão das obras de reabilitação do hospital de Cambambe faz parte dos dez projectos inscritos no PIIM, na circunscrição, dos quais quatro no sector da educação, três no sector da saúde e os restantes nas áreas de saneamento e infra-estruturas, energia e águas.

 

Destes, apenas quatro projectos do sector da educação estão em curso, estando os demais, que inclui a aquisição de materiais e equipamentos hospitalares, em fase de avaliação pela Direcção Nacional de Investimentos Público, para posterior financiamento.

 

Mil milhões, 936 milhões, 106 mil e 417 kwanzas constituem o orçamento para este ano, destinado ao município de Cambambe, para a operacionalização de investimentos públicos inseridos no PIIM.

 

As obras de reabilitação do hospital municipal de Cambambe, a cargo da empreiteira " Sermil", haviam sido retomadas em Abril de 20217, mas voltaram a conhecer nova paralisação alguns meses depois, pelos mesmos motivos.

 

Segundo o director municipal da saúde, Miguel Coxe, com a conclusão das obras previa-se um aumento da capacidade de internamento do hospital de 60 para 70 camas.

 

Desde o encerramento desta unidade sanitária devido as obras, a assistência médica na municipalidade tem sido assegurada pelo centro de saúde do Dondo, que dispõe de apenas 20 camas.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: