Luanda - A "Juventude Bloquista", braço juvenil do partido político Bloco Democrático tem, nas suas lides e princípios, a defesa dos direitos humanos e exercício da cidadania.

Fonte: BD

Foi com bastante tristeza que o secretáriado Nacional da juventude Bloquista tomou conhecimento da violência policial na província do Bengo, município do Dande a um grupo de jovens que reivindicavam o fornecimento de água potável neste espaço territorial.


O secretário provincial do Bloco Democrático no Bengo em solidariedade aos cidadãos fez-se presente na referida marcha, por isso não foi poupado pela brutalidade policial bem como mantido em custódia pela polícia por algumas horas.


O direito a manifestação é constitucional e faz parte dos direitos fundamentais no entanto, paradoxalmente o MPLA estabeleceu um programa denominado "Água para todos " programa este que não passou de uma falácia demagógica.


A Juventude Bloquista-BD, repudia da forma mais enérgica a acção perpetrada pela Policia Nacional, no município do Bengo, distrito do Dande, onde decorria a manifestação cujo objectivo era apenas exigir uma das promessas eleitorais: fornecimento de água potável a população daquela localidade.


A polícia agrediu os manifestantes e atentou contra a vida do Activista Cívico, Jaime MC,
atropelado-o. Mesmo inconsciente o activista foi colocado nas masmorras sem assistência médica como se de um animal se tratasse.


A Juventude Bloquista entende que é necessário educar a Polícia Nacional, bem como instrui-la com materias ligadas aos direitos humanos, ética e deontologia profissional.


A Juventude Bloquista encoraja a juventude do Dande a continuar a luta pelos seus direitos sem medo, pois a cidadania é o vínculo jurídico que nos liga à pátria .


Para terminar exigimos a libertação incondicional dos activistas Jaime, Wata, Boston e Piriquito.


O Secretariado Nacional da Juventude Bloquista

Joaquim Lutambi
(Secretário Nacional da Juventude)
991887449 - 926272789

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: