Lisboa – O Presidente da República, João Manuel Gonçalves Lourenço, ao abrigo da Constituição da República de Angola e da Lei de Bases do Sector Empresarial Público, assinou esta sexta-feira (2) um decreto a exonerar um cidadão falecido há 3 anos.

Fonte: Club-k.net

Trata-se do malogrado acadêmico e jurista Adérito Belmiro Correia que a data da sua morte, exercia o cargo de Administrador Não Executivo do Conselho de Administração do Banco de Desenvolvimento de Angola, BDA.

 

Adérito Belmiro Correia, faleceu a 2 de Abril de 2017, aos 69 anos de idade, pelo entao Presidente José Eduardo dos Santos. Para além da exoneração do malogrado cessaram funções todos os membros do conselho. Por outro lado foi nomeado um novo PCA não executivo António Sozinho e um Presidente da Comissão Executiva, Henda Essanju Inglês.

 

A exoneração do falecido, acontece dias depois de João Lourenço, ter também nomeado um dirigente da UNITA, David Kissadila, que se recusou tomar posse alegando não ter sido consultado para a sua nomeação. Kissadila que é ministro do governo sombra da UNITA, foi nomeado por Lourenço para integrar a Comissão de Gestão que tem como objectivo dinamizar a política empresarial do Entreposto Aduaneiro de Angola.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: