Lisboa – Sérgio Luther Rescova Joaquim, entrou para a história como o mais jovem governador da província de Luanda. Mas foi nas novas funções de titular do poder executivo na terra que há 40 anos o viu nascer (Uíge) que o mesmo partiria. O governador partiu quando a sua família se preparava para realizar, neste sábado (10), a missa de 30 dias de um irmão menor  Luís  Rescova Joaquim  levado pela Covid-19.

Fonte: Club-k.net

Face ao momento, o Club-K traça a reconstituição possível daqueles  que foram os últimos dias em que o governador do Uíge, Sérgio Luther Rescova Joaquim esteve a lutar pela vida.

Cronologia

-  Sérgio Luther Rescova Joaquim sente-se mal. Os médicos locais desconhecem o diagnostico exato do paciente e julgam tratar-se de paludismo.

 

Sexta-feira (02) - A Presidência da República é informada que o governador Sérgio Luther Rescova Joaquim está gravemente doente, e que os hospitais no Uíge estão sem condições, e não há oxigênio.

 

- Na noite deste mesmo dia, a Presidência da República envia, a cidade do Uíge, uma aeronave da presidência, integrada por uma equipa do Instituto Nacional de Emergências Médicas de Angola (INEMA), a fim de evacuar o governador provincial.

 

Sábado (03) - A aeronave chega depois das 2h da manha de sábado. A equipa do INEMA toma contacto com o paciente e logo pela manhã na presença dos médicos, o governante Luther Rescova faz uma paragem respiratória.

 

- Devido as questões climáticas na região norte, a aeronave presidencial de resgate não é (ainda) autorizada a levantar vôo por se registrar forte nevoeiro naquela localidade de Angola.

 

- Depois de haver condições para seguir viagem para Luanda, os médicos optam por dar mais algum tempo em terra, temendo que a altitude pode dar um mau prognostico durante o voo, face ao precedente da paragem respiratória. A sua tensão arterial estava inferior a 5,0.

 

- O Governador é finalmente evacuado para Luanda antes das 11h da manhã e internado nos cuidados intensivos do Centro Médico Girassol do Quilómetro 27, nos arredores de Viana. Luther Rescova é visto a entrar para a clinica andando e com o aparelho de oxigênio.

 

- É submetido aos exames TAC e a zaragatoa cujos resultados dão positivo ao Covid-19.

 

Domingo (04) – O governador recebe logo pela manha a visita da sua mãe Catarina Rescova, 60 anos. Neste mesmo dia, a sua família, esposa e filhos chegam a Luanda proveniente de Lisboa.

 

- Sérgio Luther Rescova Joaquim passa a ser assistido pelo médico pessoal do Presidente da República, o brigadeiro Vasco Júnior Sabino da Silva. Este por sua vez, encarrega-se de analisar o exame TAC do paciente mantendo sempre informado o Presidente, João Lourenço.

 

- Ao analisar o exame TAC, o médico presidencial Vasco da Silva nota que Luther Rescova apresenta um quadro clínico de difícil retorno.

 

- Na noite de quinta-feira (8) para sexta-feira, o governador voltou a apresentar um quadro clínico preocupante tendo passado “muito mal”. As 18h30 de sexta-feira (8), os pulmões de Sérgio Luther Rescova Joaquim deixaram de resistir face aos danos causados pela Covid-19.

 

- Duas horas depois, o Presidente da República, João Manuel Gonçalves Lourenço, emitiu uma mensagem a nação comunicando que “Foi com a mais profunda consternação que acabo de tomar conhecimento do falecimento no princípio desta noite de Sérgio Luther Rescova, Governador da Província do Uíge, por doença”.

 

“Apresento à família do malogrado os meus mais sentidos pêsames, em meu nome, no da minha família e de todo o Executivo”, lê-se na mensagem de pesar do Estadista, que o Club-K teve acesso.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: