Lisboa – Clientes do Shopping Comandante Gika, baseado em Luanda, preparam-se para acionar o Instituto Nacional de Defesa do Consumidor (Inadec) respeitante a alegados incumprimentos quanto a entrega de lojas por parte dos responsáveis deste projecto comercial.

Fonte: Club-k.net

Os visados alegam que no ano de 2010 efectuaram o pagamento de USD 200.000 para a compra de uma loja neste Shopping comercial, cuja recepção das chaves seria no ano de 2015, conforme acordado mas que até aos dias de hoje nada ocorreu.

 

“Desde o ano em que era suposto receberemos as lojas, não temos sido contactado para o efeito e sempre que entramos em contacto com os responsáveis não obtivemos nenhuma resposta positiva”, explicou um porta-voz dos lesados que de momento prefere manter a sua identidade preservada.

 

“Até as reuniões com os lojistas deixaram de realizar-se. Gastamos muito dinheiro em projectos que até hoje não saíram do papel”, disse a fonte do Club-K apelando a “todos aqueles que se encontram na mesma situação no sentido de nos unirmos para lutar pelos nossos direitos como consumidores. Para o efeito, basta entrarem em contacto”.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: