Luanda - O Instituto Nacional de Defesa do Consumidor (INADEC) desmentiu, nesta segunda-feira, em Luanda, informações postas a circular sobre a alegada entrega de prémios no âmbito de um projecto denominado Kuenda.ao.com.

Fonte: Angop
Loginadec.jpg - 45,42 kBNuma nota de imprensa enviada à Angop, o INADEC esclarece que desconhece, na totalidade, o referido projecto e alerta a sociedade no sentido de se manter atenta, porquanto há indícios de tentativa de burla aos consumidores.

“O INADEC tomou conhecimento, por via de mensagens telefónicas e denúncias, de que um grupo de pessoas, ainda não identificadas, está, em nome da instituição, a enviar mensagens que fazem alusão a eventuais prémios. Já accionamos todos os procedimentos jurídico-legais para a identificação e responsabilização dos seus actores”, lê-se no documento.

Por outro lado, refere a nota, durante a semana finda, o INADEC mediou 26 conflitos advindos das relações de consumo, assim como efectuou 117 visitas de constatação a diversos estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços, tendo registado 86 infracções, duas apreensões, uma suspensão temporária, 19 denúncias e emitiu 42 notificações em todo o território nacional.

O instituto apela aos cidadãos consumidores que se sentirem lesados nos seus direitos a comunicar a ocorrência através dos terminais 126 - Call Center, 938405823 (a partir das 18h00), 923190803 - Whatsapp, Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou as páginas nas redes sociais Whatsapp - 931595996, Facebook-inadec angola ou no site: www.inadec.gov.ao.

O INADEC está representado nas 18 províncias do país e foi criado para proteger, defender e ajudar o consumidor, fazendo cumprir as normas estabelecidas pela Lei de Defesa do Consumidor vigente no país.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: