Lisboa - A direção central do MPLA, em Luanda, chumbou uma serie de programas que o primeiro Secretário Nacional da JMPLA, Crispiniano dos Santos havia apresentado como agenda para as festividades do 58º aniversários da fundação desta organização juvenil afecta ao partido no poder.

Fonte: Club-k.net

Para as festividades do 58º aniversário  da fundação da organização

Da agenda  constava viagem a província de Cabinda para uma alegada “jornada patriótica e campanha nacional de doação de sangue”, “abertura das jornadas do 23 Novembro na província do Zaire”, e “Jornada do acto central do 23 de Novembro na província do Cuanza Sul”.

 

Apesar das atividades se destinarem  as festividade do dia da fundação da JMPLA, a direção do partido, segundo fontes internas, considerou o conteúdo do programa como sendo demasiado “fraco”. A JMPLA de Luanda  terá apresentado  melhor programa que a Nacional.

 

O referido programa foi igualmente apresentado com um outro “item” denominado por “grupo de avanço” que teria a missão de antecipar se as deslocações do Secretário Nacional da JMPLA, Crispiniano dos Santos para os devidos preparativos. Segundo apurações, o partido terá  considerado  a desnecessidade da deslocação antecipada do chamado “grupo de avanço” tendo em conta que a JMPLA tem estruturas próprias em todas localidades que estão capacitadas em organizar a recepção da delegação ida de Luanda.

 

O grupo de avançado que teria direito as ajudadas de custos, seria coordenado pelo segundo secretario, Santiago Primeiro, João Guilherme, Domingos Graça e o financeiro Pinto Matamba. O MPLA terá notado tentativa de gastos desnecessários por parte deste grupo. 

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: