Londres – O Departamento de Estudos Africanos e Antropologia da Universidade de Birmingham, no Reino Unido, promove nesta quarta-feira, um seminário aberto a volta do livro do “Maturidade, Moralidade e Transformação da Sociedade Angolana: Veteranos do MPLA e Dinâmicas do Pós-guerra” do acadêmico John Spall.

Fonte: Club-k.net

John Spall que é professor desta mesma Universidade lançou o seu livro em Abril deste ano. A obra é descrita como sendo “um exame detalhado dos veteranos de guerra africanos que revela as mudanças que eles provocaram na transição e na sociedade do pós-guerra”.

 

Entre 1975 e 2002, Angola passou por uma guerra civil muito destrutiva, na qual grande parte da população masculina não elitista foi recrutada para um ou outro dos exércitos em conflito, o país se urbanizou muito rapidamente e as economias políticas e morais da era colonial foram radicalmente remodeladas .

 

O livro de John Spall apresenta um exame detalhado das mudanças pronunciadas que isto provocou na sociedade angolana e, pela primeira vez, o impacto de género numa geração de homens angolanos recrutados pelo MPLA.

 

Spall mostra que “os efeitos da guerra foram muito além do campo político e econômico, para afetar as relações sexuais, a valorização social do dinheiro, o respeito pela sabedoria do homem idoso e o que significava ser um homem idoso, e o papel do Cristianismo na vida cotidiana”.

 

Por isso mesmo o acadêmico entende que a maturidade foi fundamental para a forma como as transformações sociais da guerra foram vividas intimamente pelos soldados angolanos e o livro investiga as consequências das experiências dos homens quando regressaram a casa e o importante papel do serviço militar na construção da trajectória social do pós-guerra em Angola.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: