Luanda – Um grupo de altos magistrados da Procuradoria Geral da República seguiu para Portugal para participar de uma formação avançada a decorrer de 11 a 31 de Janeiro de 2021, em Coimbra.

Fonte: Club-k.net

A referida formação é no âmbito de um acordo de cooperação existente entre a PGR e a Universidade de Coimbra. Para participar na formação, o PGR Helder Fernando Pitta Groz, indicou dois procuradores e seis sub-procuradores, dentre os quais Vanderley Bento Mateus, o diretor da Direcção Nacional de Investigação e Acção Penal (DNIAP).


Para além dos procuradores seguiram também juízes do Tribunal Supremo, o que causou polemica tendo em conta que o Juiz Presidente deste órgão de soberania indicou uma filha, uma afilha e gente próxima a sua família. A A.J.A (Associação dos juízes de Angola) remeteu na câmara do civil administrativo uma providência cautelar, para apurar que critérios Joel Leonardo usou para selecionar membros da sua família.

 

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: