Luanda – Um porta-voz do Secretário Geral do MPLA, Paulo Pombolo, saiu em defesa deste para reagir ao conteúdo de recentes publicações que atribuem a uma alegada nacionalidade francesa do terceiro homem da hierarquia do partido no partido no poder, em Angola. A Pombolo, é-lhe também imputado a “usurpação” de uma fazenda pertencente a uma suposta irmã.

Fonte: Club-k.net

"Na verdade, o que nestes dias se escreveu e disse sobre o meu irmão, não é mais do que uma campanha orquestrada contra ele com objectivos que todos identificamos serem os de pretenderem concorrer para a destruição da sua imagem e credibilidade", garante Simão Paulo, um dos 4 irmãos de Paulo Pombolo.

 

Segundo Simão Paulo, Paulo Pombolo não tem nenhuma irmã, tendo nascido no seio de uma família de cinco rapazes, a saber: Muana Muana Paulo, Tomás Fernando, Miguel Paulo, Simão Paulo e ele próprio, Paulo Pombolo, que é o primeiro de todos.

 

“As fontes que sustentam esta campanha difamatória contra o meu irmão deviam investigar mais antes de elaborarem informações falaciosas, pois, com um pouco de investigação, qualquer pessoa honesta poderia constatar que na nossa família não existe sobrinho de uma irmã mais velha falecida, nem tão pouco a propalada fazenda na RDC. É tudo invenção”, assegura Simão Paulo que lamenta o facto dos angolanos acreditarem em tudo que se fala nas redes sociais, sem filtros e conhecimento de causa.

 

Sobre a suposta nacionalidade Francesa, Simão Paulo indica que os detractores de Paulo Pombolo terão scaneado a fotografia de Paulo Pombolo num documento falso, pois, enquanto Deputado, não precisa de visto de entrada para França por meio do passaporte diplomático atribuído pelo Governo na sua condição de Deputado a Assembleia Nacional.

 

“Não é verdade a informação de que Paulo Pombolo tratou da nacionalidade francesa para branquear recursos financeiros retirados de Angola. O sistema financeiro francês e europeu no geral, são muito vigiados e não permitem este tipo de exercícios.

 

Para a população, o irmão mais novo de Paulo Pombolo deixa para reflexão a seguinte mensagem: “Apesar de Paulo Pombolo ser uma figura pública e passível de escrutínio, ele tem família e nome, em última instancia é um cidadão que tem direito ao bom nome”.

 

Por fim, Simão Paulo, esclareceu ao Club-K, que, as alegadas calunias e a difamações contra o seu irmão só surgem como forma de fragilizar os principais colaboradores do Presidente do Partido, tendo em atenção o próximo congresso do MPLA.

 

Terminou dizendo que o seu irmão é o Kunzi da família, isto é, o pilar da familia toda e goza de carinho, respeito e apoio de todos irmãos, primos e primas, bem como dos filhos e filhas, sobrinhos e sobrinhas.

 

"Ele é o pilar da nossa familia, sempre disponivel. É mesmo um Pai mais velho, que os nossos antepassados deixaram para cuidar da nossa família e isso ele faz desde pequeno", asseverou.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: