Luanda - O Governo Provincial de Luanda não autorizou o movimento estudantil Angolano a realizar a manifestação de protesto contra a aprovação da actual lei constitucional, prevista para esta sexta feira no largo primeiro de Maio;


Fonte: Radio Ecclesia


ImageMfuca Fuakaka Muzemba, membro do Movimento estudantil Angolano, disse que a policia no local está a impedir os estudantes de realizarem o referido acto de protesto.


O Manifestante disse ainda que os jovens ficaram abaladas psicologicamente ante a presença da polícia nacional no local de concentração, por isso o número de manifestantes é inferior a dez, dos 100 previstos.


Mfuca Muzemba não considera ser um fracasso a não realização do acto, mas promete juntar vontades e coragem para desafiar a forma de repressão que persiste no país,


O Governo provincial de Luanda desautoriza a realização do acto nos termos dos artigos da lei nº 16/91 de 11 de Maio.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: