Luanda - Um padre católico, de nacionalidade colombiana, foi morto à facada na capital angolana depois de ser atacado na sequência de um acidente de viação.

Fonte: Lusa

Um padre católico, de nacionalidade colombiana, foi morto à facada, na capital angolana, depois de ser atacado na sequência de um acidente de viação, anunciou esta segunda-feira a polícia, que já deteve um suspeito da morte.

 

De acordo com o porta-voz do comando provincial da Polícia Nacional de Luanda, Nestor Goubel, o incidente ocorreu no domingo à noite, no município de Viana, quando o padre, Manuel Veiga, de 36 anos, ao estacionar a sua viatura, embateu contra uma motorizada que se encontrava estacionada.

 

“Segundo informações, esta motorizada é pertença do cidadão somente identificado por Fantasma, já detido e confesso”, disse Nestor Goubel, em declarações à rádio pública angolana.

 

O responsável explicou que o padre católico foi atacado quando desceu da viatura para verificar os estragos que tinha feito.

 

“Assim que a vítima desceu para verificar se houve danos na motorizada, o acusado partiu para a agressão física, que culminou com o desferimento de dois golpes fatais, com uma arma branca, na região do abdómen e outro no membro inferior esquerdo, o que levou a vítima a óbito de imediato. O indivíduo já está detido e será presente ao Ministério Público“, referiu.

 

O padre era vigário da santíssima paróquia Trindade, pertencente aos missionários Xaverianos de Yarumal.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: