Luanda - O antigo Secretário de Estado para a Comunicação Social, Celso Domingos José Malavoloneke, anunciou neste sábado (3), nas redes sociais que irá fazer uma participação contra o antigo membro da ERCA, Carlos Raimundo Alberto por  difamação e calúnia.

Fonte: Club-k.net

De acordo com acadêmico “Na ressaca de um debate nas redes sociais, o "jornalista investigativo" fez-me uma acusação grave daquelas que, ou ele prova em Tribunal e eu sou um mau carácter, ou não prova e ele é uma fraude de pessoa: diz ele que durante o meu tempo de serviço nas Nações Unidas eu "era agente duplo do MPLA e da UNITA". Por isso vou apresentar queixa na próxima semana por calúnia e difamação. Também dizia que "depois não dissesse que perdi por ser albino". Considero isso ofensa baseada na côr da pele. Também vou processa-lo por isso. Entre outras coisas. Uns dirão que "Não vale a pena, é perca de tempo, etc.”

 

“É que, o cidadão em causa vem nos habituando ultimamente a ofender meio mundo confiado que, ou por receio, ou evitar chatices, ou ainda por serem figuras públicas ninguém o ter levado à Justiça. É tempo de ele aprender que há leis que protegem is cidadãos de pessoas do seu tipo.


Tomo-vos por isso como testemunhas desta minha intenção: dar uma lição ao Sr. Carlos Alberto.”, escreveu na sua conta do facebook, Celso Malavoloneke respeitante a conduta do também oficial do Serviço de Inteligência e segurança de Estado (SINSE).

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: