Luanda - O líder do Conselho Nacional da Juventude (CNJ) de Angola, Isaías Kalunga, assumiu, na sexta-feira, 2, a presidência da mesa da assembleia geral do Fórum da Juventude dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), para os próximos dois anos, à margem da 5ª assembleia geral ordinária da organização juvenil.

Fonte: Club-K.net

Na qualidade de presidente da Mesa da Assembleia Geral do Fórum da Juventude da CPLP, Isaías Kalunga, referiu à imprensa que a assembleia analisou entre outros assuntos, o envolvimento da organização nas acções de combate à pandemia da Covid-19 nos respectivos países, os relatórios de contas e o plano de actividades do mandato anterior.

De acordo com o líder do CNJ de Angola, a organização que acolhem jovens falantes da língua de Camões, vai procurar trabalhar com os governos e organizações congéneres, para que os jovens possam ter melhor acesso à habitação e ao emprego nos respectivos países.

Isaías Kalunga disse também que constitui aposta do Fórum da Juventude dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) “apoiar a realização de acções que venham adoptar a juventude ao nível de ensino muito bem capacitada”.

Entre as decisões saídas da 5ª Assembleia Geral ordinária de balanço e renovação de Mandatos do Fórum da Juventude da CPLP, realizada na passada sexta-feira, 2, via Zoom, a presidente do Conselho Nacional da Juventude da Guiné-Bissau, Aissatu Djaló foi eleita a presidente do Fórum da Juventude da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) para um mandato de dois anos renováveis.

A líder do CNJ da Guiné-Bissau, Aissatu Djaló, que disputou o cadeirão máximo da organização com o seu homólogo de SãoTomé e Príncipe, Calisto Nascimento, foi eleita com seis votos favoráveis contra dois, num total dos oito membros constituintes da CPLP.

No seu discurso de tomada de posse, a líder juvenil das terras de Amílcar Cabral, prometeu advogar afincadamente às políticas voltadas para a melhoria das condições de vida dos jovens da Comunidade, nomeadamente, no acesso à educação e ensino, ao emprego, a habitação e na promoção do empreendedorismo e igualdade do género.

De salientar que, até 2023, o Fórum da Juventude da CPLP será dirigido por Aissatu Djaló, na presidência, Calisto Nascimento (São Tomé e Príncipe), vice-presidente, João Pedro Videira (Portugal), secretário-geral, e Isaías Kalunga (Angola) como presidente da mesa da assembleia geral.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: