Luanda - Contrariamente aos rumores que circulam nos últimos dias, Jair Santana segundo o Jornal AGORA, não foi proibido de viajar para o exterior e , como prova disso, tem viagem marcada para este fim de semana para a vizinha África do Sul, onde irá passar alguns dias com a familia.


Fonte: Jornal AGORA


A suposta interdição teria surgido na sequencia da alegada declarações de “confisco de bens” na procuradoria geral da republica (PGR) no âmbito do “dossier Bna”, envolvendo funcionários seniores daquela instituição bancaria.


Citado como tendo galgado os degraus das instalações da PGR, Jair Santana disse não   ter sido notificado por ninguém, razão pela qual em momento algum prestou declarações na PGR a luz do aludido dossiê ou outro qualquer, desmentindo as especulações postas a circular a seu respeito.


O interlocutor desmentiu, igualmente, a sua pretensa detenção na sequencia dos alegados negocios privados do então Ministro do MAT, Virgilio Fontes Pereira, tal como noticiou o AGORA na edição de 6 de Fevereiro.


Quanto ao passaporte diplomaico que possui, também citado pelo AGORA, Jair Santana disse ser detentor do mesmo por estar a seguir a carreira diplomática e não por influencia de ninguém. Descartou igualmente  o seu envolvimento na compra de viaturas para o MAT e governos províncias.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: