Luanda - Foi com profunda dor e consternação que o Secretariado-Geral do Partido tomou conhecimento do passamento físico do General Arlindo Samuel Kapiñala “Samy”, antigo Vice-Chefe do Estado Maior das ex-FALA, ocorrido na manhã do dia 28 de Abril do ano em curso, por doença.

Fonte: UNITA

O General Samy como era respeitosamente chamado foi um homem carismático e dotado d muita autoridade, tendo-se destacado desde muito cedo em várias unidades de combate das Ex-Forças Armadas de Libertação de Angola- FALA, antigo braço armado da UNITA. Atingiu o auge da sua carreira militar na chefia da guarda do Presidente Fundador da UNITA, Dr. Jonas Malheiro Savimbi, tendo depois sido promovido ao cargo de Vice-Chefe do Estado-Maior General das FALA, de 2000 à 2002, pela sua valentia, abnegação e entrega à causa da liberdade dos oprimidos de Angola, como condutor de homens e um grande estratega.

 

A sua participação na fundação das brigadas das forças convencionais, foi o comprovar dos dotes de um militar intrépido, fiel servidor da Pátria, granjeando a simpatia e respeito de todos quantos com ele lidaram directa e indirectamente. Serviu o Partido e o País participando na negociação do Memorando de entendimento do Luena assinado a 4 de Abril de 2002, tendo em seguida, na companhia de outros oficiais integrado o quadro efectivo do Estado Maior das Forças Armadas Angolanas onde desempenhou com brio, humildade e entrega, as tarefas que lhe foram incumbidas, com destaque a de Presidente do Conselho Superior de Disciplina das FAA.

 

A sua morte deixa um vazio irreparável, juntando-o à galeria dos heróis e mártires da liberdade e democracia em Angola. Até a sua morte o General Arlindo Samuel Kapiñala “Samy” foi reformado das Forças Armadas Angolanas. Nesta hora de dor e luto, o Secretariado-Geral do Partido, em nome dos militantes, quadros e colectivo de trabalhadores, rende a sua singela homenagem a este combatente pela liberdade e democracia para Angola e endereça à família enlutada, os seus mais profundos sentimentos de pesar. Paz à sua alma. Luanda, 29 de Abril de 2021 O Secretariado-Geral do Partido

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: