Luanda - O reino do Marrocos juntou-se à causa palestiniana ao oferecer mais de 60 toneladas de ajudas humanitárias de emergência. O donativo foi encaminhado na passada quarta-feira, para a Faixa de Gaza, às ordens do rei Mohammed V. A ajuda chegou aos destinatários através do posto fronteiriço de Rafah e integra alimentos, medicamentos e cobertores.

Fonte: MAP

Notícia da agência MAP indica que estas ajudas humanitárias foram entregues pelo embaixador de Marrocos no Egipto e representante permanente do Reino junto da Liga Árabe, Ahmed Tazi, ao representante do Ministério da Saúde palestiniano, Fathi Abou Warda que enalteceu o gesto marroquino.

Dois aviões das Forças Armadas Reais (FAR) aterraram com a ajuda no aeroporto da Base Aérea Oriental do Cairo, no Egipto. Daí terá sido transportada para os territórios palestinianos por camiões através da ponte fronteiriça entre a Jordânia e a Palestina.

A decisão Real conforme a fonte “inscreve-se no quadro do apoio contínuo do Reino à justa causa palestiniana e da sua solidariedade permanente com o povo palestiniano irmão”.

O Reino de Marrocos tinha denunciado, nos termos mais firmes, a violência nos territórios palestinianos ocupados, cuja continuação apenas levou a um agravamento do fosso, exacerbando os rancores e afastando ainda mais as possibilidades de paz na região.

Por fim o Reino de Marrocos, reitera que coloca a causa palestiniana no topo das suas preocupações, e permanece fiel ao seu empenho na realização da solução de dois Estados, vivendo lado a lado em paz e segurança, passando pela criação de um Estado palestiniano dentro das fronteiras de 4 de Junho de 1967, com Al-Qods Oriental como capital.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: