Luanda - O Conselho Nacional da Juventude (CNJ) e a multinacional britânica de auditoria e consultoria, Ernst & Young Global Limited (EY), rubricaram na passada quinta-feira, 20, em Luanda, um memorando que visa facilitar a formação de jovens angolanos a custo zero.

Fonte: Club-K.net

A multinacional, com sede em Londres, Reino Unido, é uma das maiores empresas de serviços profissionais do mundo, juntamente com a Deloitte, KPMG, Pricewaterhouse Cooper. É considerada uma das quatro grandes empresas de contabilidade.

 

A empresa classificada em 2019, como a sétima maior organização privada nos Estados Unidos de América, conta com mais de 270. 000 funcionários, espalhados por mais de 700 escritórios em 150 países em todo o mundo.

 

Entretanto, o Director-geral desta firma em Angola, Carlos Bastos, disse que, o memorando assinado com o Conselho Nacional da Juventude (CNJ), tem a duração de um ano, podendo ser renovável como forma de, absorver maior número de jovens em matéria de sustentabilidade, literacia financeira, empreendedorismo, atendimento ao cliente, entre outras.

 

Por seu turno, o líder do CNJ, Isaías Kalunga explicou que, a oportunidade de formação na Ernst & Young Global Limited abre-se aos jovens das 18 províncias do país, salientando que, caberá aos Conselhos Provinciais e Municipais da Juventude, indicarem os locais para inscrições dos candidatos que serão submetidos a um processo de seleção transparente.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: