Luanda - O Serviço de Investigação Criminal tomou conhecimento de uma notícia posta a circular nas redes sociais, dando conta que o SIC-Malanje, no dia 09 de Junho deste ano, deteve um médico de nacionalidade Russa, por negar a marcação de consulta a uma suposta figura importante daquela localidade.

Fonte: SIC

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Sobre o assunto, importa esclarecer que estas informações são infundadas e não correspondem com a realidade dos factos, pois, trata-se de um cidadão nacional, de 29 de idade, electricista de profissão, residente em Malanje, que na data em alusão, necessitando de uma consulta de dermatologia, acorreu ao Hospital Regional de Malanje, onde, de acordo com informações preliminares, contactou o médico em serviço, por sinal, de nacionalidade Russa que, supostamente, se excusou em atendê-lo, alegando não ser o especialista dessa área, tendo-o direccionado à uma clinica privada, localizada na avenida Comandante Dangereux, aonde o paciente se deslocou e apresentou a preocupação.


Na sequência dos factos e depois de ter efectuado o pagamento da consulta, minutos mais tarde, chegou o Médico que iria atendê-lo. Para sua surpresa, determinou ser o mesmo Médico que se recusou atendê-lo no Hospital Regional de Malanje, sob fundamento de não dominar a especialidade, motivos que o levaram a denunciar ao SIC.


Por sua vez, em resposta à preocupação, deslocou-se à referida Clínica, um investigador que convidou o médico a acompanhá-lo ao Piquete do SIC, para prestar algumas informações sobre os factos de que era acusado, por suspeita da prática de crime, tendo-se esclarecido o facto, o médico regressou de imediato ao seu posto de trabalho.


Salientar que não obstante os dados ora obtidos, produziu-se uma informação que será remetida à Inspecção da Direcção Provincial de Saúde de Malanje para o devido tratamento.


Todavia, o SIC reafirma a sua total disponibilidade para prestar informações adicionais sobre os factos, porquanto, apela à opinião pública a não se deixar levar por inverdades gratuitas, enquanto se aguarda pelo desfecho do caso.

 

GABINETE DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL E IMPRENSA DA DIRECÇÃO GERAL DO SIC EM LUANDA AOS 12 DE JUNHO DE 2021.-


O DIRECTOR
MANUEL HALAIWA
//SUPERINTENDENTE DE INVESTIGAÇÃO CRIMINAL//

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: