Luanda - Jaime Cuandala Mendes da Costa, de 35 anos de idade, foi detido por agentes do Serviço de Investigação Criminal Geral (PGR), a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) que o acusa de peculato.

Fonte: VOA

Costa é apontado como presumível autor do desvio de 19 mil litros de combustível (gasóleo) em beneficio próprio no exercício das funções.

 

A subprocuradora titular da Procuradoria Geral da República em Malanje, Francisca Marques, anunciou recentemente que actualmente estão a ser instruídos “36 processos-crime” envolvendo gestores púbicos, dos quais “ um que já foi remetido a juízo, processos de crimes de natureza económica e financeira”.

 

A magistrada acredita “que dentro em breve vai se iniciar o julgamento deste processo aqui na província de Malanje e emos outros processos que estão a bom ritmo em segredo de justiça”.

 

Em 2020, a PGR local determinou a detenção do administrador municipal de Cacuso, Caetano da Rita Paulino Tinta, presumivelmente pelos crimes de peculato, associação criminosa, comparticipação económica em negócios e violação das normas de execução orçamental.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: