Luanda - A política é uma actividade nobre que no seu desenvolvimento ou acção, estabelece regras baseadas no código de conduta que se consubstanciam na ética e na moral. Na política, o respeito pelos cidadãos e adversários constitui no elemento fulcral da relação entre os membros de uma sociedade.

Fonte: Club-k.net

Portanto, foi com bastante repugnarão e nojo que todos ouvimos pela vóz do deputado e secretário para informação do Mpla, Rui Falcão Pinto de Andrade a destilar o ódio e ofensas morais contra um cidadão imaculado e de bom nome que o País tem como esperança.


Adalberto Costa Júnior, é um político exemplar, não corrupto, que nunca se acaparou da coisa pública indevidamente, e muito menos, alguma vez ousou maltratar cidadãos ou adversários políticos, e no campo familiar nunca fugiu a paternidade ou algo parecido!...


Com toda a verborreia, ódio e ofensas morais, Rui Falcão adjectivou Adalberto Costa Júnior de arruaceiro: Gostaria Rui Falcão Pinto de Andrade, que lho disséssemos que arruaceiro é o Mpla por ter saqueado e deixado o País de tangas?


No exercício de longa governação o MPLA não conseguiu cuidar, organizar e tratar do saneamento básico, cujos amontoados de lixo, baratas, ratos, moscas e mosquitos andam a vista. Perante as mortes incauculáveis de cidadãos que advêm dessa desgovernação, gostaria Rui Falcão Pinto de Andrade que lho disséssemos que o seu chefe João Lourenço e o MPLA são assassinos por amar o lixo e as aguas estagnadas e sujas cheio de micróbios que matam o povo?


Gostaria Rui Falcão Pinto de Andrade, porta voz do MPLA que lhe disséssemos que o Presidente do seu partido João Manuel Gonçalves Lourenço não tem perfil de ser Presidente da República por sofrer de complexo de inferioridade ao fugir do dialógo e debate sobre a vida do País com os adversários políticos e seus correligionários do partido?


Rui Falcão gostaria que alguém o tratasse de arruaceiro e atrasado por ter transformado a Califórnia de Benguela e Lobito em lixeiras autênticas com lama e poeiras a mistura? ou Rui Falcão acha e/ou terá moral de pensar que tem perfil de dirigir algo no País? o que estará a confundir Rui Falcão Pinto de Andrade porta voz do MPLA?


Rui Falcão Pinto de Andrade ficaria satisfeito se alguém adjectivasse o Presidente do MPLA João Manuel Gonçalves Lourenço, de presidente sem visão e noção de governo, por prometer Quinhentos Mil empregos à juventude que não consegue honrar e, em contrapartida destruíu ainda, todos postos de trabalho que havia, transformando os angolanos em mendígos e miseráveis?


Por ter caucionado o massacre do Cafunfo, Rui Falcão deputado e porta voz do MPLA, ficaria satisfeito que eu, Joaquim Nafoia enquanto filho Lunda tratasse de assassino o seu chefe por não punir os autores do genocídio?


Arruaceiro é o Rui Falcão que enquanto secretário para informação e porta voz do MPLA organiza sessões de propaganda, explorando a fome e a miséria dos meninos de rua que recolhe para apresentá-los como militantes da UNITA;


Arruaceiro é mesmo ele, que em acto de humilhação pública, o seu partido desembolsou Vinte Dois Milhões de kwanzas para a compra de cidadãos honestos, aproveitando-se da fragilidade económica e social que lhes assola por ausência de políticas públicas voltadas para o desenvolvimento.


Portanto, não poderá um dia o senhor Rui Falcão Pinto de Andrade tentar um dia falar sobre a ética, quando ele próprio não se respeita. A política serve para o contraditório de ideias e nunca para atacar as pessoas.

Luanda, 19 de julho de 2021.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: