Projeto Sol

Sol, a Pátria, ou também Xi-Yeto é mais um desses projetos que nasce com uma certa "ambição" e perspectiva. É uma iniciativa privada, com a melhor   bagagem intelectual   possível e esforço de um grupo de angolanos, dentro do país e na diáspora, que vem somar-se ao sonho de progresso e desenvolvimento que Angola tanto precisa.

Nosso projeto é um projeto de comunicação e   informação   em todos os aspectos possíveis: jornalismo, política, cultura, ciência e tecnologia. A palavra cultura já diz tudo, e nesse projecto ela pode ser   interpretada como todas as novidades que o ser humano produz; capacidade de superação e criação de cada um de nós (humanos)   para melhor dominar a natureza e ter controle e domínio dos problemas sociais com o objetivo de se construir uma sociedade onde todos caibam. Enfim, toda geração de informação será bem-vinda nesse projeto.

O projeto Sol vem desde já bater de frente, e com isso mostrar que quer e faz diferença. Para isso, começa reconhecendo que é um projeto de iniciativa privada, mas  com tendência editorial de esquerda.Sim, isso mesmo. Estaremos sempre ao lado dos angolanos, da Pátria, das melhores idéias e propostas; que levem a grande família angolana a alcançar  aquilo que jamais a história e o passado nos prometeu: Progresso, Desenvolvimento, Cultura, Paz  e a felicidade “perpetua”.  

Somos a favor desse processo democrático que o país está atravessando. Sol não é evasivo, não é imparcial, tem e terá capacidade, todas às vezes que for necessário de posicionar-se, fielmente, de um ou outro lado da história, da política, da nação e dos movimentos sociais, políticos  e culturais que podem surgir no país, ou mundo afora. Sol não é e nem será, nunca, necessariamente antigoverno, ou contra, em suas críticas desde que o mesmo seja legítimo, democrático e popular, mesmo quando esse governo não pertencer ao partido de que tradicional e supostamente Sol tenha suas opiniões favoráveis. Sol está e estará sempre ao lado da nação: isso significa que é a favor da Unidade Nacional, respeita a Constituição, vê Angola como uma Nação Única e Indivisível, de Cabinda até ao Cunene, do Leste ao Mar. Sol estará ao lado de quem assim pensar e agir, sendo pessoa física ou pessoa jurídica, sindicatos, partidos políticos, associações e sociedades de interesses econômicos ou cultural. Sol não vê diferenças entre todos os grupos étnicos que coabitam essa parte da região Austral da África ( e o mundo) que hoje se chama Angola. Assim Sol, é pelo lema que forjou e fundou a nossa jovem nação: De Cabinda ao Cunene um só Povo uma só Nação.


Por isso, nesta fase em que nos encontramos da nossa história, ao contrário do que muitos têm feito e procedendo, a imprensa privada que existe por aí; Sol acredita, ainda, que o triunfo da nação, a sua reconstrução nacional, a distribuição de riquezas, ela não será séria e eficaz senão contarmos com o partido que está no poder: O MPLA. Por isso, como meio de informação (imprensa) vem usar, desde já, nesse início, sua capacidade influenciadora. E convocar aos milhões de angolanos de que o direito ao voto deve ser um instrumento para se fortalecer a democracia. Esse fortalecimento não será possível se não contarmos com o MPLA encabeçando o governo que está no poder. Sol  posiciona-se não só ao lado do partido que está no poder, e os seu governo. É ainda a favor de todas as forças democráticas que vêem na Pátria Mãe, Angola, o reflexo daquele lema já citado.

Essa é a nossa posição, a da continuidade de um processo; um processo que venha acabar com as desigualdades sociais, a corrupção e a miséria social, que uma sociedade como a nossa (Capitalista) baseada na economia de mercado pode produzir. É nesse contexto que o MPLA como partido político e pela a sua tradição de lutar pelo social e o bem estar da nação, ainda é tido como a grande opção. Por isso, o projeto  Sol, orgulhosamente, sem constrangimento, posiciona-se ao lado dessa linha política que viu Angola nascer.

Resumindo,  o Projecto http://www.a-patria.net/, ou Sol é um projeto na área de Comunicação Social  com pretensões de contribuir na formação da consciência social desta Grande Nação. Sol tem tendência nacionalista, sem querer desprezar o que há de melhor e construtivo na arena internacional; o que há de melhor em outras latitudes, nações e povos.  É a favor da economia de mercado, desde que a mesma tenha, igualmente, função social e saiba diferenciar e respeitar o que é público do privado.


Muito Obrigado.

Fonte: Club-k.net 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: