Benguela - O jornalista Wiliam Tonet ao produzir o seu programa da TV Oito on-line em Benguela, reportou ente várias matérias o caso “escândalo de contentores de lixo” onde a empresa Sousa, lda “próxima” do governador de Benguela Luís Nunes estará a sobrefacturar os preços dos contentores de que é fornecedora exclusiva para o PIIM.

*Zé Manuel
Fonte: Radio Eclesia

De acordo com o jornalista WT, que falava para a radio eclésia de Benguela, para os referidos casos, contactou o gabinete do governador, membros do governo e entidades do MPLA para fazerem o contraditório no seu programa e todos “fugiram” ao convite, tendo contado apenas com as reacções de cidadãos da sociedade civil.

 

Na verdade, em Benguela salvo raríssimas excepções, entidades ligadas ao governo local, incluindo “cabos eleitorais” permanentes que nas redes sociais manifestam total apoio institucional as políticas do governador Luís Nunes, não falam para “certa” imprensa alegando sempre indisponibilidade.


Nestes termos, com o "silêncio oficial" fica a suspeição de que alguém no negócio dos contentores de LIXO, está a "lixar" os bolsos dos contribuintes.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: